O QUE É BALÃO INTRAGÁSTRICO? (BIB™)

BALÃO INTRAGÁSTRICO (BIB™)

1. O que é?

Trata-se de um balão de silicone que possui uma válvula lisa e um catéter de
introdução, por onde é insuflado dentro do estômago do paciente com solução
salina e azul de metileno estéreis, o formato expansível do balão permite um
ajuste do volume do enchimento no momento da colocação de 400ml a 700ml.
Uma válvula auto-selante permite o desacoplamento do cateter externo utilizado
para o enchimento.
O balão é posicionado dentro do estômago, e enchido com solução salina, levando-o
à expansão em uma forma esférica. Devido às características de cada paciente, o
BIB foi projetado para ter o seu volume ajustado no estômago do paciente.
O balão cheio é projetado para atuar como um bolo alimentar artificial, e
se mover livremente dentro do estômago. O Balão Intragástrico (BIB™), foi
projetado para auxiliar na perda de peso corpóreo através do enchimento parcial
do estômago induzindo à sensação de saciedade.

2. Como atua?

A presença do balão inflado dentro do estômago ocupa um espaço que seria
do alimento, causando saciedade precoce. O balão intragástrico é colocado e
retirado por endoscopia, não exigindo afastamento das atividades do dia-a-dia.


3. Indicações

O Balão Intragástrico (BIB™) é indicado para uso temporário como terapia para
redução de peso em pacientes obesos (ex.: obesidade mórbida) que apresentam
risco de vida significativo relativo à sua obesidade e que tenham falhado em
atingir ou manter a perda de peso através de programas de controle de peso
supervisionados por médicos. (Veja indicações mais específicas abaixo).

• Pacientes com IMC maior que 28, refratários ao tratamento clínico, que
apresentam contra-indicações para o tratamento cirúrgico ou não aceitam o
tratamento cirúrgico e apresentam doenças associadas à obesidade.

• Pacientes com IMC menor que 35 que apresentam doenças secundárias à
24 25

• Qualquer outra condição médica que poderia aumentar o risco de uma
endoscopia eletiva.

• Desordens psiquiátricas anteriores ou atuais.

• Cirurgias gástrica ou intestinal prévias.

• Alcoolismo ou vício a drogas.

• Pacientes que não desejem participar de programas estabelecidos de
modificação de comportamento e de dieta supervisionado por médicos
com acompanhamento clínico de rotina.

• Pacientes com administração de aspirina, agentes antiinflamatórios,
anticoagulantes ou outro irritante gástrico.

• Pacientes grávidas ou amamentando.

6. Riscos do Balão Intragástrico (BIB™)

• Na colocação e retirada do balão por endoscopia, a sedação é realizada por
anestesista, em ambiente hospitalar ou clínico.

• Efeitos colaterais: imediatos (após 24 – 48horas da colocação) como náusea,
vômito e/ou dor abdominal. Apesar da orientação e prescrição médica précolocação,
poderá ser necessário que o paciente seja encaminhado a um pronto
atendimento escolhido pelo mesmo, para hidratação e medicação
intravenosa.

• Complicações referidas na literatura: podem ocorrer aderências, impactação
do balão para o duodeno, intolerância permanente (vômitos incoercíveis por
maior tempo do que o previsto), meteorismo, flatulência, úlceras e erosões
gástricas, perfuração gástrica, infecção fúngica em torno do balão. Esses fatores
poderão obrigar a equipe médica a indicar uma intervenção endoscópica e até
mesmo retirada do mesmo antes do tempo previsto.

• Rejeição da prótese pelo organismo.
• Vazamentos na válvula.

• Riscos inerentes ao uso permanente de corpo estranho.

• Inadequada para pacientes com hérnia hiatal e esofagite de refluxo.

7. Vantagens

• É colocado por endoscopia, apenas com sedação.

durante todo o período de tratamento.

Psicológica: De acordo com o perfil psicológico do indivíduo, este poderá
ser excluído do tratamento, ou ser orientado a fazer um tratamento
psicoterapêutico antes e/ou após a cirurgia, tratando distúrbios emocionais que
tenham contribuído para a instalação da obesidade, ou que tenham surgido
em conseqüência desta. É indispensável que o paciente tenha a intenção
de mudar seus hábitos de vida e que permaneça sob o acompanhamento
multidisciplinar e psicológico. O acompanhamento psicológico irá ajudar a
traçar metas realistas quanto à perda de peso e a imagem futura, e auxiliar
na reintegração do indivíduo com o meio em que vive e consigo mesmo.

5. Contra-indicações para o uso do Balão Intragástrico (BIB™)

• Doença da transição gástrica potencialmente hemorrágica (excluídas as
relacionadas à hipertensão portal).
• Esofagite grau III.

• Esôfago de Barret.

• Uso crônico de anticoagulantes.

• Hérnia de hiato grande (acima de 5 cm).

• Cirrose hepática.

• Insuficiência renal crônica.

• SIDA.

• Para perda de peso por razões meramente cosméticas/estéticas.

• Para perda de peso em pacientes com IMC menor que 28, a não ser que
acompanhado de morbidades/riscos associados com a obesidade, onde seria
esperado diminuírem com a perda de peso.

• Para pacientes que se submeteram anteriormente a cirurgias abdominais ou
ginecológicas.

• Qualquer doença inflamatória do trato gastrintestinal incluindo esofagites,
ulceração gástrica, ulceração duodenal, câncer ou inflamações específicas
como a Doença de Crohn.

• Condições potenciais de sangramento gastrintestinal superior como varizes
esofágicas ou gástricas, telangiectases intestinais adquiridas ou congênitas, ou
outra anomalia congênita do trato gastrintestinal como atresias e estenoses.

• Anormalidades estruturais no esôfago ou faringe, como estreitamento ou
diverticulite.

• Na+;
• K+;
• Creatinina;
• Coagulograma;
• Albumina;
• Colesterol total e frações;
• Triglicérides.

11. ECG• Avaliação cardiológica se necessária;
• RX de tórax Espirometria (em caso de doença respiratória associada);
• Ecografia do abdome superior;
• Avaliação nutricional;
• Avaliação psicológica;
• Endoscopia digestiva alta com pesquisa de H Pylori (30 dias antes da
colocação do BIB).

12. Implicações do tratamento

É importante para o resultado:
• Aderência do paciente ao tratamento.
• Acompanhamento durante todo o processo.
• Equipe multidisciplinar.
• Conscientização para mudança de comportamento e estilo de vida.
• O paciente exercer atividades físicas.

Conclusões

• O Balão Intragástrico (BIB™) é um procedimento eficaz e seguro para o
tratamento da obesidade.
• A compreensão e adesão do paciente influenciam no resultado do
tratamento.
• O Balão Intragástrico (BIB™) apresenta ótimos resultados de perda de peso,
desde que haja aderência do paciente ao tratamento.

http://www.betaniaarte.com.br/amigas-gastroplastizadas/

FAÇA PERGUNTAS E EU RESPONDEREI, NO SITE=> http://mepergunte.com/gastroplastizadas


FICAREI FELIZ EM TER VOCÊ NO

MEU ORKUT.

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=16459617529543052571

—————————————————————————————————–

CONTATOS (abaixo) com

Amigas Gastroplasizadas®

(Betânia Sousa)

*FAÇA PERGUNTAS SOBRE A GASTROPLASTIA E EU RESPONDEREI:

http://mepergunte.com/gastroplastizadas

*ORKUT:

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=16459617529543052571

*Minha VIDA DIGITAL CENTRALIZADA:

http://meadiciona.com/gastroplastizadas

*WEBSITE:

http://www.betaniaarte.com.br/amigas-gastroplastizadas/

*BLOG:

http://amigasgastroplastizadas.blogspot.com/

*TWITTER:

http://twitter.com/amigasgastro

*YOUTUBE:

http://www.youtube.com/amigasgastroplastiza

* Facebook: "Amigas
Gastroplastizadas Betânia Sousa"

Anúncios
Publicado em O QUE É BALÃO INTRAGÁSTRICO?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: