PERGUNTA Nº 209 – Olá, minha irmão irá fazer a redução igual a sua e ela sempre gostou de tomar umas cervejinhas ela vai poder beber novamente e qual

Olá, minha irmão irá fazer a redução igual a sua e ela sempre gostou de tomar umas cervejinhas ela vai poder beber novamente e qual tipo de bebida e liberado? Anônimo

De acordo com o Francisco Carlos Gomes dos Santos QUE É Psicoterapeuta – CRP 38932 – Mestre em Psicologia Social PUC de São Paulo, autor do livro “Magro. E agora? Ed. Vetor”. Sócio-fundador da ONG Casa do Cuidar. Consultório: Rua Joaquim Antunes 490,
cjto 31, Pinheiros, SP. Fones: (011) 3062-1016 e 9444-9177 ou franciscocarlosgomes@terra.com.br.

FONTE: http://franciscocarlosgomes.blogspot.com/2007/06/cirurgia-baritrica-e-alcool.html26 Junho 2007

CIRURGIA BARIÁTRICA E ALCOOL -da France Presse, em San Francisco As pessoas que sofrem cirurgia de bypass gástrico (na qual o estômago é reduzido a no máximo 20%, com sua parte superior separada e grampeada horizontalmente) se embriagam mais rapidamente e demoram mais para voltar ao estado de sobriedade, segundo um estudo de cientistas da Universidade de Stanford. O grupo afirma que o procedimento cirúrgico, cada vez mais comum para combater a obesidade, intensifica os efeitos do álcool. A pesquisa foi inspirada pela apresentadora de TV Oprah Winfrey,contou John Morton, professor-assistente de cirurgia em Stanford e que realizou mais de 100 mil procedimentos desse tipo. Morton foi entrevistado por Winfrey no ano passado para discutir os efeitos da cirurgia e teve a atenção despertada para a preocupação da
audiência em relação ao álcool. “Ouvi a piada de que um paciente bebeu um copo de vinho e foi preso por dirigir bêbado, mas quis saber se realmente havia uma diferença entre o antes e o depois da cirurgia”, explicou. Para medir os efeitos do álcool, os cientistas deram um pouco de vinho tinto para 19 pacientes operados e 17 pessoas que não passaram pela cirurgia. Depois foi medido o nível de álcool a cada cinco minutos. Os pacientes operados chegaram a um pico alcoólico na respiração de 0,08% comparado com o outro grupo, cujo nível máximo foi de 0,05%. Nos Estados Unidos não se pode dirigir com um nível de álcool igual ou superior a 0,08%. Os pacientes com bypass também levaram mais tempo para voltar ao nível zero de álcool –cerca de 108 minutos em média, contra os 72 minutos do outro grupo. A cirurgia também altera a maneira com que se metaboliza o álcool,segundo o estudo, que foi apresentado na reunião anual da sociedade americana de cirurgia bariátrica (American Society for Bariatric Surgery). Quase 150 mil americanos passam por esse tipo de cirurgia por ano.

ABRAÇOS BETÂNIA

FICAREI FELIZ
EM TER

VOCÊ
NO MEU ORKUT,


Clique abaixo:

CONTATOS (abaixo) com

Amigas Gastroplasizadas®

(Betânia Sousa)

*FAÇA
PERGUNTAS

SOBRE
A GASTROPLASTIA

E
EU RESPONDEREI

NO
LINK ABAIXO:

http://mepergunte.com/gastroplastizadas

* Facebook: "Amigas Gastroplastizadas Betânia
Sousa"

*WEBSITE:

http://www.betaniaarte.com.br/amigas-gastroplastizadas/

*ORKUT:

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=16459617529543052571

*TWITTER:

http://twitter.com/amigasgastro

*BLOG:

http://amigasgastroplastizadas.blogspot.com/

*YOUTUBE:

http://www.youtube.com/amigasgastroplastiza

*Minha VIDA DIGITAL CENTRALIZADA:

http://meadiciona.com/gastroplastizadas

Anúncios
Publicado em minha irmão irá fazer a redução igual a sua e ela sempre gostou de tomar umas cervejinhas ela vai poder beber novamente e qual, Olá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: